O aumento da energia convencional e a opção solar

A tendência é clara e de conhecimento por grande parte da população, a energia convencional continuará a praticar valores elevados e a aumentá-los com o passar dos anos.

Mas muitos ainda assim não entendem o porquê desses aumentos. Por isso com esse texto buscamos esclarecer um pouco mais esse processo.

A tal fatura de energia, que chega todo mês em nossas casas, é composta por impostos, custo médio das usinas, consumo, iluminação pública, as famosas bandeiras, entre outros. E sim, existe uma agência que regula tudo isso, e se chama Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Outro ponto importante que implica no valor final é a classificação do estabelecimento de cada cliente, ou seja, se ele é A ou B – e seus subgrupos.



 Estes são considerados custos inerentes a operação, mas existem outros influenciadores destes valores como a oferta de energia e sua crescente escassez. Por mudanças climáticas e fatores ambientais temos a mudança de níveis nas usinas que geram energia, afetando principalmente as hidrelétricas que dependem dos níveis de água. Assim, uma vez que temos uma geração reduzida a lei da “oferta e procura” entra em ação e mais uma vez eleva os preços e a aplicação de políticas que incentivem a diminuição do consumo como por exemplo as bandeiras.

Este assunto ainda permeia questões políticas em relação a incentivos feitos em alguns governos, o que prejudicou severamente as concessionárias de energia que ainda nos dias atuais tentam recuperar algumas perdas. Mérito ou demérito que afeta a economia relativa ao mercado energético, o qual sofre uma alta inflação e é conhecido pelos altos ganhos dos grupos proprietários.

Em resumo e ao fazermos uma relação com assuntos atuais chegamos em um fato importante que diz respeito à evolução tecnologia, a qual impacta em vários setores, como no de consumo de energético, o qual aumenta severamente, pois sem energia não temos internet...

A necessidade de fontes alternativas já é real, agora o que nos falta é tornar o acesso a estas fontes ainda mais real a mesma medida que nosso consumo eleva. O governo em passos lentos aumenta os incentivos a tais alternativas, cabe agora aumentarmos a conscientização da população quanto ao potencial energético do Brasil para fontes como a Energia Solar! Quem faz as contas percebe o quão vantajoso é o sistema solar, economizando 90% dos gastos com energia por até 25 anos.



Fonte: TSE Solar Energy

36 visualizações
Conheça mais operações do nosso grupo! 

Matriz São Paulo: (19) 3846-3101

Filial Goiânia: (62) 3995-7450

  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone YouTube
© Copyright 2017
Grupo TSE Energia e Automação